Vai adquirir uma piscina?
Saiba mais sobre todos os aspectos e disposições de piscinas residenciais

ASPECTOS GERAIS

 

Abastecimento

Faça o abastecimento de sua piscina com a água da concessionária, pois ela já vem tratada e não requer tratamento específico. Não faça o abastecimento com água de poços artesianos. Esse tipo de água normalmente contém metais que mancham a pintura da piscina. Se você não tiver outra opção de água, procure efetuar o tratamento da água antes de colocá-la na piscina.

 

Esvaziamento

Nunca esvazie sua piscina sem autorização do fabricante/revendedor, pois a estrutura pode sofrer danos devido a pressão do lençol freático. Caso precise esvaziar sua Piscina, entre em contato com seu revendedor GM Fibras.

 

Capa de proteção

A capa de proteção aumenta a vida útil da sua piscina e reduz custos com manutenção e higienização.

 

 

SOBRE O SISTEMA DE RECIRCULAÇÃO E TRATAMENTO

 

A salubridade e a segurança oferecidas por uma piscina estão intrinsecamente relacionadas com a qualidade da água no interior do tanque. A água da piscina deve estar isenta de microrganismos patogênicos, ter baixa turbidez e apresentar condições físicas, químicas e físico-químicas que não prejudiquem a saúde e o bem estar dos usuários e que não causem corrosão ou danos aos equipamentos. Essas características são obtidas através dos tratamentos físico (filtração, aquecimento) e químico (adição de desinfetantes e outros produtos químicos) da água do tanque. O conjunto de equipamentos com essa finalidade denomina-se sistema de recirculação e tratamento. O sistema de recirculação inclui toda a tubulação, equipamentos e dispositivos destinados à filtração:

 

Filtro: Sua finalidade é remover partículas sólidas em suspensão ou coloidais pela passagem da água através de um meio filtrante.

 

Bomba de recirculação: Obriga a água a fluir através do filtro e retornar ao tanque. Ela deve ser dimensionada de acordo com as características do filtro e com a perda de carga nas tubulações.

 

Pré-filtro: A função do pré-filtro, localizado antes do bocal de sucção da bomba, é reter as partículas maiores (folhas, papel etc.) em um cesto coletor para evitar que elas causem obstrução do rotor da bomba.

 

Dreno ou Ralo de fundo: Deve ser conectado à tubulação de sucção da bomba hidráulica. A água que flui através do dreno arrasta toda a sujeira que tende a se depositar na parte mais profunda do tanque. Ele também permite a drenagem total da piscina para fins de manutenção.

 

Coadeira: A coadeira é instalada na parede do tanque na altura do nível da água e conectada à sucção da bomba. Sua função é promover um fluxo superficial da água da piscina e assim recolher as partículas flutuantes, tais como folhas, insetos, óleo etc.

 

Dispositivo de retorno: O dispositivo de retorno é instalado na parede do tanque abaixo do nível da água, e controla a vazão e a direção da água que retorna à piscina após a filtragem.

 

Dispositivo de aspiração: O dispositivo de aspiração é usado quando existe uma tubulação de sucção destinada exclusivamente à conexão de aspirador.

 

Dispositivo de Hidroterapia: O dispositivo de hidroterapia produz um jato de água com grande profusão de microbolhas de ar. Esse jato tem ação hidromassageadora terapêutica.

 

Dosador de produto químico: Deve ser instalado na linha de retorno da água filtrada para a piscina e de acordo com as instruções do fabricante.

 

 

SOBRE A ÁREA CIRCUNDANTE DA PISCINA

 

As dicas aqui contidas, baseadas em nossa experiência, podem em alguns casos divergir de legislações e de outros métodos e critérios de dimensionamento. Pretendemos colaborar para que as piscinas sejam locais seguros e saudáveis, e que propiciem momentos de lazer o proprietário. Na área circundante das piscinas residenciais devemos considerar os seguintes aspectos:

 

Paisagismo: tem como objetivo a complementação estética do espaço ocupado pela piscina. A escolha correta de espécies vegetais e sua localização deve levar em conta o sombreamento, o acréscimo de poluição, o desenvolvimento de raízes. Optar por espécies de folhas grandes e que não desfolhem facilmente.

 

Calçada: deve ter largura mínima para circulação ao redor e espaço suficiente para colocação de espreguiçadeiras e banho de sol, tendo declividade mínima de 2% a partir da borda do tanque até o sistema de drenagem. O material deve ser atérmico e não escorregadio (pedra caxambu ou mineira).

 

Duchas e instalações sanitárias: A boa higiene corporal é de primordial importância para a diminuição da contaminação da piscina e manutenção das condições de sanidade. Por isso recomenda-se que os banheiros estejam localizados próximos ou a instalação de ducha.

 

Aquecedor: É normalmente instalado na linha de retorno da água filtrada para a piscina. Pode ser solar, bomba de calor, a gás ou óleo.

 

Instalação elétrica: Na piscina são permitidos somente equipamentos e componentes com grau de proteção IPX8, ou seja, aqueles adequados para submersão contínua em água, alimentados por extra-baixa tensão de segurança com tensão nominal não superior a 12 V, em corrente alternada, proveniente de fonte de segurança instalada fora desse volume. As linhas elétricas estão limitadas às necessárias para alimentação dos equipamentos, constituídas por condutores isolados ou cabos unipolares, protegidas por dispositivo DR de alta sensibilidade (corrente diferencial-residual nominal não superior a 30 mA). Deverá ser executado também um aterramento de proteção, que consiste na ligação à terra das massas dos equipamentos (motores, aquecedores e quadros elétricos).

 

Casa de máquinas: Deve situar-se o mais próximo possível do tanque e em nível inferior ao da água da piscina. Isto evita o emprego de tubulações extensas, proporcionando economia e o escorvamento automático das bombas. A instalação elétrica deve estar de acordo com a Norma NBR 5410.

 

 

SOBRE CUIDADOS ESSENCIAIS

 

O bom senso e a responsabilidade pessoal são de fundamental importância para garantir condições de segurança. O projeto, a construção, a operação e a utilização da piscina devem ser feitos de acordo com as Normas Técnicas e Legislação vigentes, devendo ser observadas também as instruções dos fabricantes dos materiais, equipamentos e produtos químicos utilizados. Especial cuidado deve ser tomado com relação à instalação elétrica e aterramento dos equipamentos. Manter a qualidade da água na piscina é extremamente importante, devendo-se efetuar a filtragem e o tratamento químico da água regularmente.

 

 

FIQUE ATENTO

 

Não utilize a piscina após grandes refeições. Recomendamos às pessoas com cabelos longos (abaixo dos ombros) prendê-los à altura da nuca ou usar toucas para natação. Os produtos químicos devem ser armazenados, conservados, manipulados e utilizados corretamente. Conserve as instruções dos fabricantes e siga-as rigorosamente.

 

 

PERIGOS

 

Deve-se impedir que crianças tenham livre acesso ao local onde está instalada a piscina. Para evitar acidentes, as crianças só devem ter acesso à piscina quando acompanhadas por adulto.

 

A construção de cerca com portão dotado de fecho automático é altamente recomendada. Não permita que crianças, pessoas idosas ou debilitadas ou portadoras de deficiência física ou mental utilizem a piscina desacompanhadas, sem a supervisão permanente de um adulto que seja hábil nadador.

 

Pessoas idosas ou portadoras de doenças crônicas ou que tenham dúvidas quanto ao seu estado de saúde devem consultar um médico antes de utilizar a piscina.

 

Não nade sozinho. Cuidados extras devem ser tomados quando se utilizar a piscina consumindo bebidas alcoólicas ou drogas ou ainda sob a influência de medicamentos que possam afetar as condições físicas, psíquicas ou orgânicas das pessoas. Deve ser impedido o acesso de pessoas alcoolizadas ou drogadas à piscina.

 

Não mergulhe em piscinas rasas. Trampolins e escorregadores só podem ser instalados em piscinas que permitem sua utilização. Não pratique e não permita a prática de brincadeiras estúpidas ou impróprias.

 

O piso molhado ao redor da piscina pode tornar-se escorregadio. Não corra. Caminhe com cuidado. Não leve para a piscina objetos de vidro, frágeis ou que ofereçam qualquer tipo de risco.

 

Risco de choque elétrico: Mantenha afastados da área de piscina aparelhos de som, caixas acústicas e qualquer outro equipamento ligado à rede elétrica.

 

Não utilize a piscina se as grades dos ralos de fundo, tampas dos drenos anti-turbilhão, tampas dos dispositivos de sucção ou plugs dos dispositivos de aspiração não estiverem corretamente instalados. Não permita sua utilização para brincadeiras ou sua remoção indevida.

 

 

MUITO IMPORTANTE

  • Levar à área interna das piscinas, frascos, copos, garrafas, metais, porcelana ou similar, sujeitos à quebra, que possam atentar contra a e segurança dos usuários;
  • O manuseio de materiais e utensílios, tais como: mesas, cadeiras e guarda-sol, por crianças, sendo que quando estas necessitarem, deverão solicitar ajuda dos seus responsáveis;
  • Jogar lixo de qualquer espécie, fora dos recipientes coletores;
  • Trafegar na área das piscinas com bicicletas, patins, skates, triciclos;
  • É  necessário passar pela ducha antes de entrar na piscina, com uso de sabonete após o uso de bronzeadores ou cremes;
  • É vedado levar à área das piscinas comestíveis de qualquer espécie;
  • A utilização das piscinas por crianças menores de 10 (dez) anos desacompanhadas dos pais ou responsáveis.

CADASTRE-SE

Digite seu e-mail para receber

o informativo GM com as novidades

GM SOCIAL

© Todos os direitos reservados a GM Fibras
  -  
Site desenvolvido por logicacomunicacao.com